×
×
×
×
×
×
×
×
×
×
×
×
×
×

O que o torcedor do Guarany de Sobral precisa para acreditar

O Guarany nunca foi um clube que exalou transparência, não à toa, ao longo de sua história perdeu diversos parceiros e patrocinadores

Por: Rondinelly Mota - Publicado em: 26/05/2021 14:58

O que o torcedor do Guarany de Sobral precisa para acreditar

Jogo amistoso entre Guarany de Sobral x Corinthians de Santa Quitéria (Amaral Torquato / Guarany de Sobral)

Desde a saída do patrocinador master e o retorno de personagens conhecidos da torcida sobralense, o Guarany de Sobral vem passando por investimentos que nos remetem aquilo que sempre nos pareceu apenas um sonho. O trabalho das categorias de base e a valorização de garotos "pratas da casa", são aspectos que podem transformar um time em clube.

No Cacique do Vale as mudanças são notórias, sobretudo quando as perspectivas se alinham semelhantemente ao profissionalismo necessário à administração de qualquer clube de futebol de sucesso. Os investimentos em avaliações técnicas que podem oferecer oportunidade a novos atletas de Sobral e região e também de outros lugares do país, desperta a adormecida esperança do torcedor bugrino.

Contudo, em paralelo a este grande trabalho que está sendo desenvolvido pela atual gestão do Cacique do Vale, há um rebaixamento para a segunda divisão do campeonato estadual, algo inimaginável para aqueles que vivem o Guarany Sporting Club, na condição de apaixonados torcedores.

Em meio a dedicação e a busca de garimpar atletas para as modalidades do masculino e feminino, que podem sim, devolver a identidade do clube como formador de grandes jogadores, torcedores se questionam sobre o plano de gestão, que objetivos estão sendo traçados, para vai e onde este planejamento pretende chegar.

É bem verdade que as transições entre gestões no Guarany de Sobral, nunca foram sadias ao clube, porque sempre que alguém deixou o clube, carregou quase tudo em seu caminhão de mudanças, desde os equipamentos de treino - incluindo bolas e uniformes, pasmem - até os sonhos dos torcedores, a única coisa que deixaram para trás, foram as dívidas que seguem assombrando a instituição. Nessas transições, apenas a gestão Torquato não deixou dívidas.

O Guarany nunca foi um clube que exalou transparência, não à toa, ao longo de sua história perdeu diversos parceiros, patrocinadores, por simplesmente não apresentar essa transparência que qualquer investidor, seja ele de grande, médio ou pequeno porte, exigirá para manutenção dos convênios.

Neste momento, diante de uma gestão que aparentemente está comprometida e focada em construir um novo Guarany, se faz necessário a transparência dos projetos, planejamentos e objetivos junto aqueles que jamais abandonam sua grande paixão, o torcedor.

Na última terça-feira (25), durante a live de estreia do programa Voz do Cacique, sob minha apresentação, o Cientista Social, Economista e torcedor do bugre, Pedro Palhano, convidado especial, definiu bem o que o torcedor precisa para acreditar na gestão clube quando disse:

"Não queremos saber do dinheiro, se o clube tem uma boa gestão, vai administrar bem suas finanças. Nós queremos saber sobre o planejamento. Se é a curto, médio ou longo prazo", comentou.

E neste sentido, o torcedor segue aguardando com certa ansiedade, para entender, e quem sabe até contribuir, com os projetos do Cacique.

Posts relacionados

 

Siga nossas redes sociais

 

Siga nossas redes sociais

© 2020 Atras do Gol é uma marca registrada da Atras do Gol Limited Liability Company.  Todos os direitos reservados. O uso deste site constitui aceitação de nossos Termos de Uso e Política de Privacidade